CBF se reúne com árbitros da 18ª rodada e pede redução de erros CBF se reúne com árbitros da 18ª rodada e pede redução de erros
Por meio de videoconferência, a Comissão de Arbitragem da CBF reuniu-se, na manhã desta quarta-feira (2), com as equipes de arbitragem que comandarão as... CBF se reúne com árbitros da 18ª rodada e pede redução de erros

Por meio de videoconferência, a Comissão de Arbitragem da CBF reuniu-se, na manhã desta quarta-feira (2), com as equipes de arbitragem que comandarão as partidas da 18ª rodada do Brasileiro Série A. Segundo o presidente da CA, Marcos Marinho, o objetivo da conversa foi alertar os árbitros e árbitros assistentes sobre a necessidade da máxima concentração para diminuir os erros durante os jogos.

“É uma reunião para alertar. Estamos verificando equívocos que não estavam acontecendo. É um alerta para que retomem a atenção e a concentração para que façam o melhor planejamento e estratégia de jogo. São orientações para que todos fiquem atentos. Estamos entrando numa fase da competição onde a atenção e concentração devem ser redobradas para o mínimo de erro possível”, explicou Marcos Marinho, presidente da Comissão de Arbitragem.

Foram debatidos temas como o uso adequado dos aparelhos de comunicação, liderança, agilidade na tomada de decisão, prioridades do AAA (Árbitro Assistente Adicional) e a decisão rápida em lances polêmicos.

Além do presidente da Comissão de Arbitragem, Marcos Marinho, estiveram presentes o vice-presidente da CA, Alício Pena Jr; integrante da CA, Cláudio Vinícius Cerdeira e analistas de desempenho.

“O que rotula a arbitragem como má são os erros grosseiros. Esses erros saltam aos olhos. Vocês têm que levar a teoria para dentro de campo. Vocês têm qualidade e estão muito bem fisicamente. As regras devem ser cumpridas e não podemos dar espaço para as críticas que estamos recebendo. Queremos erro zero”, pediu Cerdeira aos árbitros durante as conversas. Com informações da CBF.

Leandro

Nenhum comentário até o momento.

Seja o primeiro a deixar um comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *