Temer cancela agenda e vai para SP passar por novo procedimento médico Temer cancela agenda e vai para SP passar por novo procedimento médico
O Planalto informou, por meio de nota oficial, que o presidente Michel Temer viajará a São Paulo, nesta quarta-feira (13), para fazer uma “revisão urológica”,... Temer cancela agenda e vai para SP passar por novo procedimento médico

Planalto informou, por meio de nota oficial, que o presidente Michel Temer viajará a São Paulo, nesta quarta-feira (13), para fazer uma “revisão urológica”, no Hospital Sírio-Libanês. Dependendo do resultado, os médicos poderão colocar uma sonda no paciente, devido a uma alteração na urina.

A previsão é de que, se houver internação, nesta quinta (14) o presidente esteja liberado para participar da posse do ministro Carlos Marun, na Secretaria de Governo, em Brasília.

Ontem (12), o presidente já havia passado por exames, com o objetivo de avaliar se seria necessário que ele voltasse à capital paulista, a fim de receber acompanhamento médico mais próximo.

Na segunda-feira (11), o peemedebista também foi submetido a procedimento, realizado no posto de saúde do Palácio. A informação foi confirmada pela Secretaria de Comunicação Social da Presidência.

A assessoria informou, ainda, que a viagem para Minas Gerais, também na quinta, onde Temer participaria da inauguração de um hospital, foi cancelada.

 

Cirurgia

Michel Temer foi submetido a uma cirurgia na próstata, no último mês de outubro, após ter sido internado, no Sírio-Libanês, com quadro de retenção urinária por hiperplasia benigna do órgão.

O problema foi descoberto dias antes, exatamente na data em que ocorreu a votação da segunda denúncia contra ele na Câmara dos Deputados.

Na oportunidade, o presidente foi internado no Hospital do Exército, após sentir-se mal, e foi constatada a obstrução urológica. Ainda em Brasília, o presidente foi submetido a uma sondagem vesical, que consiste na introdução de um cateter por meio da uretra até a bexiga, com o objetivo de drenar a urina.

Já no fim de novembro, o mandatário passou por uma angioplastia em três artérias coronárias, que tinham cerca de 90% de obstrução, colocando dois “stents” nas artérias.

Compartilhe nas redes sociais

Leandro

Nenhum comentário até o momento.

Seja o primeiro a deixar um comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *