O pintor Eugênio Silva Borges, de 61 anos, morreu eletrocutado nesta terça-feira, 3, na rua Leonardo de Souza Ângelo, no Jardim Alvorada, zona sul de Franca.

Silva estava trabalhando em uma construção quando relou o cabo do rolete nos fios de alta tensão, recebeu uma descarga elétrica, caiu em uma laje e sofreu uma parada cardíaca.

Local do acidente/Foto: Cássio Freires

O Corpo de Bombeiros e a USA (Unidade de Suporte Avançado)  do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foram acionados. O pintor foi entubado, mas não resistiu e morreu no local do acidente de trabalho.

Após o trabalho da perícia, o corpo da vítima foi levado para o IML (Instituto Médico Legal).

ÁUDIO

O cabo Klaus do Corpo de Bombeiros deu mais detalhes sobre o caso em entrevista ao vivo na Rádio Hertz 970 AM, ouça.

Compartilhe nas redes sociais