O ex-craque do Corinthians e da Seleção Brasileira, Edílson, foi preso após ser acusado de não ter pago pensão alimentícia. Ele tem uma dívida de 430 mil reais e foi detido por policiais da Delegacia de Capturas e Polícia Interestadual (DCPI).

O ex-atacante estava no Aeroporto JK quando foi abordado por agentes, durante sua chegada à capital federal. Ele terá 90 dias para executar o pagamento da dívida e poderá deixar a prisão caso quite o pagamento no ato ou faça um acordo de parcelamento.

Em fevereiro deste ano, Edílson teve uma denúncia contra ele aceita pela Justiça Federal. O Ministério Público Federal o acusou de ser membro de uma organização criminosa envolvida em golpes em agências da Caixa Econômica Federal que se apoderava de forma ilegal de prêmios pagos pelo banco.

 

Compartilhe nas redes sociais