images (3)

O churrasco na penitenciária Professor Barreto Campelo em Itamaracá, Pernambuco aconteceu em um dia de visitas de parentes dos detentos e pouco depois de um dos presos ser morto após uma briga no local. Imagens feitas no dia 10 de julho , Segundo o site da Folha de São Paulo, os animais foram abatidos no presídio e servidos durante a visita dos familiares dos detentos.
images
Para o presidente do Sindasp, João Carvalho os animais entraram devido a falhas na segurança. “Temos nove guaritas, mas apenas três funcionam. Isso não só atrapalha a fiscalização para coibir esse tipo de prática, como também facilita que pessoas joguem armas, drogas e que os animais entrem”. 
As fotos do churrasco foram divulgadas pelo Sindasp (Sindicato dos Agentes de Segurança Penitenciária de Pernambuco) e mostram os gatos pendurados em fios. O couro e a pele dos felinos também são exibidos em outra imagem. “O fato ocorreu no corredor externo que fica entre os pavilhões C e D. No momento havia apenas cinco agentes penitenciários, que é o efetivo que contamos atualmente, quando o ideal deveria ser no mínimo 50 servidores”, As fotos do churrasco foram divulgadas pelo Sindasp (Sindicato dos Agentes de Segurança Penitenciária de Pernambuco) e mostram os gatos pendurados em fios. O couro e a pele dos felinos também são exibidos em outra imagem. “O fato ocorreu no corredor externo que fica entre os pavilhões C e D. No momento havia apenas cinco agentes penitenciários, que é o efetivo que contamos atualmente, quando o ideal deveria ser no mínimo 50 servidores”, explicou Carvalho.
A Secretaria Executiva de Ressocialização de Pernambuco informou em nota que dois detentos foram identificados “e encaminhados à delegacia de Itamaracá para providências cabíveis. Os detentos também serão submetidos ao Conselho Disciplinar da unidade”.
20160720_30640822820160720_125938272820160720_200696758220160720_36694561020160720_306408228
Compartilhe nas redes sociais