A Praça Barão que durante anos foi palco de encontro de namorados e bate papo de amigos, hoje se transformou num refugio de malandros, ambulantes e usuários de droga.

Na noite de segunda-feira (29), policiais militares que faziam patrulhamento na área central, avistaram um menor em atitude suspeita próximo ao obelisco.

Durante a abordagem ele escondeu doze pedras de crack na boca. No bolso do infrator os policiais encontraram R$ 50 em dinheiro.

Questionado, o adolescente disse que estava vendendo a droga no valor de R$ 5 cada pedra.

Levado ao Plantão, ele foi indiciado pelo crime de tráfico e recolhido a Fundação Casa.

Compartilhe nas redes sociais