Bancos devem informar ao cliente valores referentes ao crédito rotativo não pagos e outras formas de financiamento, segundo medida adotada pelo Banco Central no ano passado.

Como forma de reduzir a inadimplência, o Banco Central determinou que a modalidade do rotativo do cartão de crédito seja limitada a 30 dias e, após esse prazo, o cliente deve pagar o débito ou refinanciá-lo em condições mais favoráveis.

Segundo o Banco Central, esse conjunto de medidas contribuiu para reduzir a taxa de juros cobrada a pessoas físicas nos últimos 12 meses, com uma queda de 122,2 pontos percentuais nessa modalidade.

Compartilhe nas redes sociais