O presidente do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP), desembargador Carlos Eduardo Cauduro Padin, destacou a tranquilidade da votação neste domingo (28), no segundo turno das Eleições 2018.

No balanço inicial, o TRE divulgou oito ocorrências no Estado, com três prisões, em Oswaldo Cruz, Guarulhos e São Paulo capital. O número está dentro da normalidade.

“Começamos muito bem a eleição e esperamos terminar melhor ainda. A eleição está transcorrendo com muita tranquilidade”, afirmou o desembargador, em entrevista coletiva na manhã deste domingo.

Até as 12h20 (de Brasília), 369 urnas eletrônicas haviam sido substituídas por outras de contingência. O número corresponde a 0,38% das 100 mil urnas em funcionamento em todo o Estado. Em 446 seções eleitorais, ainda, houve atraso de até 10 minutos para começar a votação.

Em Sorocaba, 10 urnas tiveram os cabos cortados durante a madrugada e foram substituídas. O Tribunal investiga o caso, que não prejudicou o horário de início da votação.

O desembargador Cauduro Padin falou ainda sobre a biometria, obrigatória para 100 cidades paulistas nestas eleições, apontando que a identificação dos cidadãos estava funcionando bem, sem ocasionar filas.

Para evitar aglomerações, o desembargador recomendou que os eleitores “procurem diluir o comparecimento durante o dia”, sem deixar para votar na última hora. O horário de votação teve início às 8h (de Brasília) e se encerra às 17h.

Compartilhe nas redes sociais