O respeito à vida e a educação para tornar o trânsito mais seguro e humanizado são pilares da Arteris, companhia de concessão rodoviárias com atuação em cinco estados brasileiros. Com esse preceito, a Autovias e a ViaPaulista, empresas controladas pela Arteris e integrantes do Programa de Concessões Rodoviárias do Governo do Estado de São Paulo, premiarão as escolas “Leonor Mendes de Barros”, de Restinga, e “Professora Nair Duarte do Páteo Franzoni”, de Brodowski, vencedoras nas categorias “2º ao 5º ano” e “6º ao 9º ano”, respectivamente, no 11º Concurso de Cartões de Natal do Projeto Escola Arteris, desenvolvido na região. Com o tema “Apelo contra o atropelo: dirigir é coisa séria, transitar não é brinquedo”, a atividade entrega prêmios para alunos e educadores que se destacaram no concurso.

Os estudantes vencedores poderão escolher entre um Xbox One ou um notebook. Coordenadores das unidades de ensino, professores orientadores e o profissional destaque da escola poderão optar por HDs externos ou tablets. Além do Concurso de Cartões de Natal, estão programadas outras premiações: a Escola Municipal de Tempo Integral “Yolanda Jorge”, de São Simão, foi escolhida como a instituição destaque de 2018 e levará um notebook e uma impressora. Outras quatro instituições de ensino – “Historiador Fausto Pires de Oliveira”, de São Simão; “Professor Roberto Sacarabuci”, de Franca; “APAE”, de Cravinhos e “Professora Zilda Marinho Seixas”, Luiz Antônio – receberão título de menção honrosa. As unidades de ensino e os profissionais que integram a coordenação do projeto também serão premiados por envolver a comunidade nas ações.

Para a cerimônia, que acontecerá nesta segunda-feira, 3, no Espaço Quinta Linda, em Ribeirão Preto, são aguardados 300 convidados entre familiares, alunos, educadores, autoridades e prefeitos. “Há 17 anos, desenvolvemos o Projeto Escola Arteris em parceria com as escolas das cidades atendidas pelas nossas rodovias e, felizmente, notamos um engajamento cada vez maior dos educadores participantes. Este é um momento de celebrar o envolvimento de todos, desde a concepção das atividades até a realização delas”, afirma a coordenadora de Sustentabilidade da Arteris, Maria José Finardi.

Confira todas as instituições vencedoras:

  • Categoria educação infantil e 1º ano

CEMEI Áurea da Silva Pedrosa”, de Luiz Antônio

Estudante: Laís dos Santos Aragão, 4 anos

  • Categoria 2º ao 5º ano

EMEB “Leonor Mendes de Barros”, de Restinga

Estudante: Lucas Lopes Silva, 11 anos

  • Categoria 6º ao 9º ano

EMEF “Professora Nair Duarte do Páteo Franzoni”, de Brodowski

Estudante: João Marcos Destido Vasconcelos, 14 anos

  • Categoria APAE

APAE de Ribeirão Preto

Estudante: Jenifer Barros Pavanelo, 11 anos

  • Categoria Ensino Médio

EE “Capitão Virgílio Garcia”, de São Simão

Estudante: Pâmella Machado Coelho, 17 anos

  • Categoria Educação de Jovens e Adultos

EMEF “Roberto Brayn”, de Luiz Antônio

Estudante: Iago Rafael Alves da Cruz, 17 anos

Sobre o Projeto Escola Arteris

Há 17 anos, mais de 302 mil alunos e 17 mil professores de 630 escolas da rede pública de ensino e APAEs de todo o país são beneficiados pelo Projeto Escola Arteris, iniciativa que parte da premissa de que a educação é o melhor caminho para humanizar o trânsito, torná-lo mais seguro e criar condições para o respeito à vida nas estradas e cidades. O programa envolve alunos da Educação Básica, ensinos Fundamental e Médio e EJA (Educação de Jovens e Adultos) de 150 municípios vizinhos às estradas administradas pela Arteris nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Santa Catarina e Minas Gerais.

Compartilhe nas redes sociais