A Secretaria Municipal de Ação Social está reforçando o alerta aos cerca de 2 mil beneficiários dos programas sociais (Benefício de Prestação Continuada e do LOAS), que tem direito a um salário mínimo, sobre a necessidade de fazer o recadastramento até o próximo dia 28 de dezembro. Quem deixar de fazer essa atualização de informações ficará sujeito a ter o benefício cancelado, deixando de recebê-lo a partir do começo do ano que vem.

O atendimento vem sendo prestado diariamente no Cadastro Único, em prédio anexo a Secretaria de Ação Social na avenida Champagnat, nº 1750, no centro de Franca, das 8 h às 16 h. Em razão do Natal e ponto facultativo na segunda-feira, o expediente será limitado a dois dias e meio, de quarta-feira após às 12 h, encerrando-se no dia 28, sexta-feira.

Cerca de 40% dos 2 mil beneficiários até o momento não fizeram o recadastramento obrigatório, conforme estabelece o Governo Federal. Isso representa em torno de 800 pessoas que recebem um salário mínimo que poderão ter o benefício cancelado.

Compartilhe nas redes sociais