Um servente, de 42 anos, está sendo acusado de estuprar uma deficiente auditiva, de 22 anos, no bairro City Petrópolis, em Franca.

Segundo informações do boletim de ocorrência, a mãe da jovem deixou a residência localizada na rua Maria kairala Haber, no domingo, 10, e quando voltou foi informada pela própria filha que ela teria sido estuprada e ameaçada.

Na sequência, a mulher saiu em busca do acusado. Após encontrá-lo, mãe e filha foram ameaçadas de morte.

A Polícia Militar foi acionada. As duas mulheres e o homem foram levados até o Plantão Policial.

Um médico foi acionado, mas nenhuma lesão foi encontrada. O homem foi preso por ameaçada.

Compartilhe nas redes sociais