A Universidade Estadual Paulista (Unesp) está recebedo os requerimentos dos interessados nas isenções para o vestibular 2020. Também estará aberto o período para solicitação de redução de 50% do valor da taxa de R$ 170. O exame é o maior da história da Unesp, com 7.725 vagas em 24 cidades.

Em Franca são oferecidas 400 vagas para os cursos de História, Relações Internacionais, Direito e Serviço Social.

Para pedir isenção, os candidatos deverão preencher até 8 de setembro o formulário de inscrição, disponível na páginawww.vunesp.com.br. Os pedidos de isenção podem ser feitos de duas formas.

Podem pedir isenção vestibulandos cadastrados no CadÚNICO (gerido pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome para Programas Sociais), ou seja, os que têm renda familiar mensal per capita de até meio salário mínimo ou que possuam renda familiar mensal de até três salários mínimos. Estes estudantes preencherão o Número de Identificação Social (NIS) no requerimento de isenção.

Também têm direito a pedir isenção os candidatos que concluíram ou concluirão este ano o ensino médio com todo o currículo cumprido em escola pública, na Educação de Jovens e Adultos (EJA) ou com bolsa de estudo integral, se o curso for de instituição particular. Estes vestibulandos precisam ainda ter renda familiar bruta mensal igual ou inferior a um salário mínimo e meio por pessoa, além de residir no Estado de São Paulo ou estar vinculado a uma instituição de ensino localizada em território paulista.

O resultado da solicitação de isenção será divulgado em 24 de setembro, no site da Vunesp. Os pedidos deferidos já significarão a efetivação da inscrição do solicitante.

O pedido de redução de 50% do valor da taxa destina-se a candidatos matriculados no ensino médio ou em curso pré-vestibular e que recebam remuneração mensal inferior a dois salários mínimos ou estejam desempregados. O prazo é semelhante ao do pedido de isenção. O resultado dos pedidos de redução também será divulgado em 24 de setembro.

A Unesp oferece ainda redução de 75% aos cerca de 400 mil alunos matriculados no último ano do ensino médio da rede pública estadual paulista. O período para cadastramento destes candidatos é o mesmo da inscrição dos pagantes de taxa integral, de 9 de setembro a 7 de outubro.

A Unesp destina pelo menos 50% das vagas por curso (total de 3.878 vagas entre as 7.725 do Vestibular) ao Sistema de Reserva de Vagas para Educação Básica Pública. A porcentagem de ingressantes oriundos de escolas públicas no Vestibular Unesp 2019  foi de 54,6%. Quando o programa foi iniciado, em 2014, era de 40,7%, ou seja, incentivou o aumento de 34,1% no intervalo de cinco anos.

As provas da primeira fase da seleção serão realizadas no dia 15 de novembro, em 31 cidades paulistas e ainda em Brasília (DF), Campo Grande (MS), Curitiba (PR) e Uberlândia (MG). No ano passado, o total foi de 98.435 inscritos no Vestibular Unesp.

Compartilhe nas redes sociais