Superior Tribunal de Justiça (STJ) decide que motoristas de Uber não tem vínculo empregatício com a empresa e por isso não podem reclamar  de direitos trabalhistas. Hélio Rodrigues Ribeiro fala sobre o assunto.

Audiências públicas que discutem mudanças no plano diretor do município são uma boa oportunidade para resolver problemas das avenidas estreitas e que têm iluminação pública apenas de um lado. Hélio Rodrigues comenta.

Compartilhe nas redes sociais