Franca fez um plano de mobilidade urbana para “inglês ver” pois nenhuma das medidas propostas no documento entregue ao Ministério Público está sendo colocada em prática e com isso, o trânsito francano continua um verdadeiro atraso, sem agilidade e sem a segurança necessária. Ouça o comentário de Hélio Rodrigues Ribeiro.

Cirurgias eletivas são unificadas entre SUS e rede pública municipal, mas em Franca, o acúmulo de 11500 pacientes não cai porque a prefeitura não cumpre o que anuncia. Hélio Rodrigues fala sobre o assunto, ouça.

Compartilhe nas redes sociais