Hertz Noticias

A notícia à Serviço de Franca/SP

Caminhoneiros usam TikTok para protestar contra aumento do diesel e prometem nova greve nacional

Compartilhar:

Caminhoneiros estudam organizar uma nova paralisação nacional por causa de mais um reajuste no preço do diesel anunciado pela Petrobras. 

Também protestam contra a privatização da estatal, anunciada como plano do governo. 

Em redes sociais, viralizaram imagens de caminhoneiros abastecendo os tanques com registros de valores acima de R$ 5,5 mil para armazenar em torno de 600 litros de diesel. 

A categoria reclama que nem sempre consegue cumprir toda a viagem com um tanque e que os valores quase atingem o preço cobrado pelo frete. 

Um caminhoneiro publicou vídeo na rede TikTok mostrando que cobrou R$ 11 mil pelo frete até o Mato Grosso e só com um abastecimento, no valor acima de R$ 5 mil, não daria para chegar. 

Ele menciona, ainda, o custo do Arla 32, um antipoluente que custa mais de R$ 90. O caminhoneiro afirmou que usou três unidades. 

Nesta semana, a Petrobras anunciou aumento de 8,87% no preço do diesel nas refinarias. 

A alta acumulada do combustível no governo Bolsonaro atinge 90%, segundo o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). 

Os transportadores de cargas do Brasil começaram a se valer da rede TikTok para denunciar a insatisfação da categoria, depois que a ferramenta se tornou a principal vitrine de protestos dos profissionais no Canadá e nos Estados Unidos. 

Reportagem: Bernadete Druzian

Compartilhar:

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado.