Hertz Noticias

A notícia à Serviço de Franca/SP

Cantor sertanejo que foi morto a tiros em Franca será sepultado em MG

Compartilhar:

Marcelino da Silva Souza, de 31 anos, mais conhecido como Baroni, que foi morto a tiros na manhã desta segunda-feira, 29, na rua Humberto Cechi no bairro Santa Efigênia, em Franca, era cantor sertanejo. Ele era integrante da dupla Pedro Henrique e Baroni.

                                                   Pedro Henrique e o irmão Baroni/Foto: divulgação

Segundo informações da Polícia Militar, o cantor, que também trabalhava como motorista, foi atingido por disparos de arma de fogo quando saiu de casa para ir ao trabalho. “O assassino já estava aguardando a vítima na rua. Um dos tiros atingiu o rosto dele”, disse o cabo Barsanulfo.

                                  Após ser baleado, Marcelino morreu na calçada/Foto: Cássio Freires

Segundo o pai da vítima, a família morava em Delta (MG) e havia mudado recentemente para Franca.“Eu estava dentro de casa e escutei os tiros. Depois meu neto viu um homem caído e foi constatado que era meu filho. É muito triste, era o menino que a gente mais gostava. Antes de ser morto ele entrou aqui em casa, me abraçou, me beijou e saiu. Ele não bebia, não usava drogas, todos gostavam dele. Algum familiar da atual mulher dele talvez tenha cometido o crime. Ela veio de Goiás e conheceu ele”, disse  Geraldo de Souza em entrevista à reportagem da Rádio Hertz.

                                                     

O velório do cantor Baroni começará por volta das 19h30 em Delta (MG). Ele será sepultado na mesma cidade na terça-feira, 30, às 9h.

Reportagem: Cássio Freires

Compartilhar:

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado.