Hertz Noticias

A notícia à Serviço de Franca/SP

Consumidores devem ficar atentos na hora de pesar as compras

Compartilhar:
IPEM-SP durante durante fiscalização de balanças em São Paulo (Foto: Divulgação)

A cada ida aos supermercados para fazer as compras e o valor de muitos alimentos cada vez mais altos, os consumidores acabam sentindo no bolso, mas não é só ao preço que eles devem ficar atentos. É preciso olhar com mais atenção na hora da pesagem dos produtos.

Nesta semana, durante o programa Franca Hoje, no Sistema Hertz, uma ouvinte contou que após fazer suas compras, desconfiou do peso e valor cobrado, mas ao chegar em casa, colocou tudo na balança e descobriu que havia pago a mais pelas frutas. Ela voltou ao estabelecimento e teve R$ 4,50 devolvidos pela diferença no peso das mercadorias.

Por isso, o jornalismo do Portal Hertz Notícias procurou o IPEM (Instituto de Pesos e Medidas) para falar sobre o assunto. Em entrevista, Luiz Eduardo Galdeano, gestor do IPEM-SP, explicou como funciona a fiscalização das balanças nos estabelecimentos comerciais.

“A verificação dessas balanças é feita periodicamente por equipes compostas por um especialista e um técnico. E realizamos em todas as balanças que são obrigatoriamente a serem verificadas e mesmo ficando aprovadas, elas recebem um adesivo até o ano subsequente, no caso agora até o ano de 2022, recebe um lacre de cor amarela que comprova que a fiscalização passou, conferiu a balança e que ficou aprovada”.

O gestor disse ainda que o equipamento deve sempre estar visível ao consumidor, devidamente lacrada, seja com o lacre do INMETRO (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia) ou do mecânico credenciado. Além disso, a balança tem que partir do zero, tanto na indicação de peso, quanto no total a pagar.

Mas, se mesmo com todas as normas aparentemente em situação regular, o consumidor se sentir prejudicado ou caso desconfie da pesagem deve fazer a denúncia. “Mesmo fazendo as fiscalizações periódicas, o IPEM conta muito com os consumidores. Tendo alguma dúvida sobre o equipamento, faça a denúncia para que nós possamos fazer uma fiscalização naquele estabelecimento”, ressaltou Galdeano.

Caso o equipamento apresente alguma irregularidade que cause danos ao consumidor, a balança é imediatamente interditada e o estabelecimento autuado. No mês passado o IPEM realizou no Estado de São Paulo a “Operação Mercadão”, que fiscalizou comércios em várias cidade, incluindo Franca, que não registrou nenhuma irregularidade.

Ouça a reportagem

Denúncias

Caso o consumidor se sinta prejudicado pode procurar os canais de atendimento do IPEM-SP para fazer a denúncia que pode ser feita pelo telefone 0800 013 0522 ou pelo e-mail: [email protected], de segunda à sexta-feira, das 8h às 17h.

O nome do denunciante não aparece, apenas do estabelecimento e o equipamento em questão

Compartilhar:

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado.