Hertz Noticias

A notícia à Serviço de Franca/SP

Déficit do Hospital Allan Kardec pode chegar a R$ 2 milhões em 2022

Compartilhar:

A presidência da Fundação Allan Kardec participou nessa quarta-feira, 15, de uma reunião no Ministério da Saúde, em Brasília. Na pauta, a defasagem no valor das diárias pagas pelo Governo Federal aos hospitais psiquiátricos.  

 Hoje, o Hospital Allan Kardec tem um custo diário de R$ 210 por paciente e recebe apenas R$ 102 do SUS (Sistema Único de Saúde).   “Fomos lá fazer um manifesto dos hospitais psiquiátricos, pedindo socorro, não só para nós do Allan Kardec, mas todo o setor. Os próximos anos serão bem desafiadores por conta da inflação – sobretudo a inflação hospitalar, que subiu muito acima da inflação normal – e os problemas gerados pela pandemia”, disse o presidente da Fundação Allan Kardec, Mario Arias Martinez, que participou da reunião ao lado de seu vice, Fernando Palermo Falleiros.  

Mario Arias Martinez e Fernando Palermo, presidente e vice da Fundação Allan Kardec durante reunião em Brasília-DF (Foto: Divulgação)

Além do deputado federal Marcos Pereira (Republicanos), participaram representantes do Departamento de Psiquiatria da Federação Brasileira de Hospitais. 

O presidente do Allan Kardec diz que o setor de Saúde Mental do Brasil, sobretudo os hospitais psiquiátricos vivem um momento “muito delicado”. “Após a pandemia, nós tivemos um aumento de custos expressivos, através da inflação e da própria inflação hospitalar, que é maior que a experimentada pelas pessoas comuns. Nós tivemos a questão de uso de EPIs (Equipamentos de Proteção Individual), de formatação de áreas de isolamento… Enfim, um aumento de custo violento.” 

 Martinez classifica a situação como “insustentável”. Segundo ele, se os valores das diárias não forem corrigidos, o hospital poderá ter um déficit de R$ 2 milhões em 2022.  

“Então, nós estamos buscando alternativas em Brasília, falando com parlamentares, buscando emendas parlamentares, e tratando junto ao Ministério da Saúde, uma possibilidade de ajuste do valor dessas diárias.” 

O presidente do Allan Kardec alerta para “um caos” na saúde mental do Brasil, caso o Ministério da Saúde não corrija o valor das diárias. “Existem vários hospitais já extremamente endividados. Alguns hospitais já planejam seu fechamento. Nós vamos ter um fechamento de um hospital regional até o mês de janeiro. E nós tomamos conhecimento de outros que estão sem condições de operação no próximo ano.” 

Equiparação 

Fernando Palermo diz que os hospitais psiquiátricos buscam, pelo menos, uma equiparação com o valor pago por diária pelo SUS aos hospitais-gerais.  

“Estivemos no Ministério da Saúde e no Ministério da Cidadania, falando com vários representantes do Governo (Federal), junto com um grupo integrado pela Federação Brasileira de Hospitais e também por diversas entidades de saúde mental, do Rio Grande do Norte, do Paraná, de São Paulo, representantes do Pró-Saúde Mental, justamente tentando um acerto na equiparação das diárias pagas aos hospitais especializados em relação ao que é pago aos hospitais-gerais que fazem o atendimento em psiquiatria.” 

Segundo ele, esta é a única especialidade médica no Brasil que tem uma remuneração diferente. “Hoje os hospitais psiquiátricos estão recebendo entre R$ 59 – aqueles que têm mais de 160 leitos – e R$ 82 – os menores, abaixo de 160 leitos, enquanto, um hospital-geral recebe R$ 187 a diária”, afirmou. “O nosso custo é até um pouco mais elevado que um hospital geral, porque nós fazemos o tratamento daqueles casos mais complexos, mais agudos”, completou. 

A equiparação não resolverá o problema, mas diminuirá o déficit.  “Nós temos que agradecer muito ao deputado Marcos Pereira por ter se colocado à disposição e ser o patrocinador da causa em relação aos hospitais psiquiátricos, as entidades que atendem saúde mental no Brasil. Esperamos que isso dê frutos e que a gente possa ter uma situação mais tranquila no futuro, com a sensibilização do governo, de parlamentares, em relação a essa questão”, concluiu Fernando. 

Atualmente, o Hospital Psiquiátrico Allan Kardec possui 122 leitos SUS e atende mais 30 pacientes da rede pública no Hospital Dia. 

Compartilhar:

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado.