Hertz Noticias

A notícia à Serviço de Franca/SP

Dentista é preso por matar auditor da receita por ciúmes

Compartilhar:

Na noite deste sábado (12), de março Samir Moussa, 48 anos, assassinou o auditor Adriano William de Oliveira de 52 anos, próximo ao bar Vila Madalena na avenida major Nicácio.

Adriano William de Oliveira, 52 anos, auditor

Adriano estava no bar, foi até sua caminhonete S-10, quando Samir chega, abre a porta da camionete e realiza os disparos, 3 tiros acertaram o rosto e 1 no peito, assista o vídeo:

 

O SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), foi acionado e constatado o óbito no local, a Polícia Militar foi acionada e em poucos minutos já conseguiram capturar o dentista, que foi levado até a CPJ (Central de Polícia Judiciária), acompanhado de uma advogada, em depoimento Samir confessou que atirou e matou Adriano por ciúmes de sua ex-mulher, o relacionamento já havia terminado há 1 ano e Samir não aceitava o término.

Em depoimento Samir disse que estava tomando remédios antidepressivos e que agiu na emoção, por ciúmes.

Adriano havia registrado um boletim de ocorrência no dia 23 de dezembro no plantão polícial, porque Samir estava perseguindo, até ontem quando Samir matou Adriano.

Samir Moussa,48 anos, Dentista ter confessou matado o auditor.

 

O delegado de plantão prendeu Samir Moussa,48 anos  por homicídio e foi encaminhado ao CDP(Centro Detenção Provisório).

Compartilhar:

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado.