Hertz Noticias

A notícia à Serviço de Franca/SP

Em Franca, vacinação contra a Covid terá horário reduzido na véspera de Natal

Compartilhar:

A programação da Secretaria de Saúde contempla para esta sexta-feira, 24, véspera de Natal, a continuidade da Campanha de Imunização contra a Covid-19, com 11 postos de vacinação, funcionando das 7h30 às 11h.

Para as pessoas, com idade de 12 a 17 anos, que ainda não receberam a primeira dose, gestantes e puérperas, da mesma faixa etária, além da aplicação da segunda e terceira doses da vacina Pfizer, nesta sexta-feira, 24, o atendimento será prestado nas UBS Leporace, Luíza, Estação, Guanabara, Ângela Rosa e Brasilândia, das 7h30 às 11h, onde os interessados deverão apresentar um documento de identidade com foto e o comprovante de recebimento da primeira e segunda doses.

As pessoas, com idade de 12 a 17 anos, deverão estar acompanhadas pelos pais ou um responsável legal. As pessoas que foram imunizadas com a primeira dose da Pfizer há 8 semanas ou mais e os francanos, que tenham idade de 18 anos ou mais, poderão receber a segunda dose, com o intervalo de 21 dias. Já o intervalo da segunda para a terceira dose para as pessoas, com 18 anos ou mais, deve ser de 4 meses.

A primeira e a segunda doses para os francanos na faixa etária, a partir de 18 anos ou mais, estarão disponíveis nas UBS Santa Clara e Progresso, das 7h30 às 11h. Os interessados deverão apresentar um documento de identidade com foto e o comprovante de recebimento da primeira dose para a segunda aplicação da vacina.

A segunda dose da Astrazeneca estará disponível na UBS Paulistano, das 7h30 às 11h. Poderão antecipar a segunda dose, as pessoas que receberam a primeira aplicação há 8 semanas.

A dose adicional para as pessoas que tomaram a vacina Janssen, que tenham 18 anos ou mais e receberam o imunizante, com o intervalo de, pelo menos, dois meses, será aplicada nas UBS Horto e Aeroporto 3, das 7h30 às 11h, mediante a apresentação de um documento de identidade com foto e o comprovante da primeira aplicação. Segundo o Documento Técnico da Secretaria de Saúde do Governo do Estado de São Paulo, a dose adicional poderá ser, preferencialmente, da vacina Pfizer ou qualquer imunobiológico disponível.

Compartilhar:

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado.