Hertz Noticias

A notícia à Serviço de Franca/SP

Empresário que contratou show de Luiza e Maurílio foi à delegacia e explicou briga no Franca Shopping

Compartilhar:

Produtor e proprietário de uma casa de shows, Rafael Nunes de Souza, de 26 e a esposa compareceram durante a noite de quinta-feira (16), na Central de Polícia Judiciaria (CPJ) para registrar um boletim de ocorrência, em Franca. Ele é o contratante do show da dupla Luiza e Maurílio, no qual o cantor está internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva), em Goiânia (GO) e que a venda dos ingressos resultou em discussão e briga na tarde de ontem, no Franca Shopping, envolvendo a esposa dele e outra mulher que se recusava a vender as entradas. 

Rafael disse que contratou a dupla para se apresentar na cidade, mas como foi noticiado, o cantor teve parada cardíaca e ele não sabe ainda o que vai ser do show agendado para o  dia 25 de dezembro e informou que o escritório que agencia os sertanejos pediu prazo a ele até segunda-feira (20) para definir a situação e que a confusão no centro de compras aconteceu depois que a responsável pelo ponto de venda dos ingressos, informar à população que show foi cancelado sem a autorização dele e nem do escritório.

“Minha esposa e eu fomos até o ponto de vendas no Franca Shopping  para retirar as  maquininhas do evento e  começou uma confusão que todo mundo viu, saiu nos  jornais e agora queremos contar a nossa versão também, porque minha esposa foi registrar o  boletim de ocorrência contra ela, por causa que na hora a Elisângela  agrediu a minha esposa que estava com criança no colo, eu peguei criança aí o vídeo começa depois de um certo tempo, ele grava somente uma parte”, contou Rafael.

A mulher citada pelo produtor é Elisângela Santos, de 45 anos, produtora de eventos e dona do quiosque que fazia a venda dos ingressos. No vídeo, ela aparece discutindo com a esposa de Rafael que em determinado momento joga tudo que estava no estande para o chão e as duas trocam agressões e são separadas por funcionários de outras lojas do shopping.

Na ocasião, Elisângela foi socorrida por um bombeiro até a enfermaria e o casal deixa o local com a criança, antes mesmo da chegada da Polícia Militar. “Eu peguei a criança e minha esposa realmente jogou a  maquininha mesmo pro chão e as  as duas grudaram. E a confusão já estava armada, então a Elisângela noticiou que o show não ia  acontecer, ela  não tem autorização da gente que está organizando o evento pra dar entrevista dizendo se o evento está cancelado ou não… Não ficamos lá para preservar a criança, mas agora estamos aqui no plantão policial para registrar boletim de ocorrência.”, ressaltou o produtor.

Ainda segundo ele, na quarta-feira (15), em conversa por aplicativo de mensagens, já tinha pedido para parar de vender os ingressos e que já havia realizado o bloqueio de todas as vendas.

“Eu não sou covarde,  eu peguei minha criança e fiquei de lado segurando. Demorou chegar a segurança, vamos esperar o cantor  recuperar tudo certinho para marcar nova data ou se vai cancelar mesmo, mas eu posso dizer só segunda-feira por causa do  contrato, mas por causa dela eu posso perder todo o dinheiro que investi porque ela não tem autorização pra falar nada, a função dela era vender os ingressos”.

O boletim de ocorrência foi registrado na delegacia e o cantor Maurílio segue internado.

Ouça a matéria completa no audio abaixo:

Momento em que Rafael chega à delegacia para registrar o boletim de ocorrência (Foto: Leandro América)

Reportagem: Leandro América

Compartilhar:

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado.