Hertz Noticias

A notícia à Serviço de Franca/SP

Estado culpa prefeitura e governo federal por falta de leitos de UTI em Franca

Compartilhar:

Segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde, 61 pessoas com Covid-19 estão no pronto-socorro “Álvaro Azzuz aguardando vaga para internação, em Franca. 36 pacientes precisam ser transferidos para UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e 25 para enfermaria. 9 dos 61 infectados estão entubados no setor de emergência. Aproximadamente 10 pacientes já morreram no PS aguardando vaga em UTI.  

As vagas para internações só são liberadas através da Cross (Central de Regulação de Ofertas e Serviços da Saúde) que pertence a Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo. Os hospitais só recebem os pacientes após a autorização da Cross, porque quem paga os custos é o governo do Estado.

Leitos lotados no pronto-socorro “Álvaro Azzuz”/Foto: divulgação

O Departamento Regional de Saúde (DRS) de Franca informou por meio de nota, que a ativação de novos leitos não é prerrogativa exclusiva do Estado, mas também da União e das Prefeituras. O governo de SP já mantém em Franca um serviço desse tipo no AME (Ambulatório Médico de Especialidades), com 25 leitos destinados a pacientes COVID-19, sendo 22 UTI.

Reportagem: Cássio Freires 

Acompanhe mais informações durante a programação da Hertz Serviço em 970 AM. 

Compartilhar:

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado.