Hertz Noticias

A notícia à Serviço de Franca/SP

Estudante que morreu afogada está sendo velada em igreja no Zelinda

Compartilhar:

A estudante Maria Eduarda Ferreira, de 14 anos, que morreu afogada no condomínio de chácaras Caminhos de São José, está sendo velada na igreja Assembleia de Deus ministério Semeando Adoração localizada na rua Joaquim Teodoro Tristão, no Jardim Zelinda, em Franca. O sepultamento acontecerá às 9h de quinta-feira, 30, no Cemitério Santo Agostinho.

O CASO 

A tragédia aconteceu na terça-feira, 28, na estrada rural Ana Brasil e Ritinha, que liga as rodovias Prefeito Fábio Talarico e Nelson Nogueira na zona rural de Franca.

Maria Eduarda Ferreira, de 14 anos/Foto: divulgação

Eduarda estava com vários amigos em uma cachoeira que tem cinco metros de altura em uma mata fechada, quando acabou se afogando e desaparecendo nas águas. O local fica a um quilômetro da estrada.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e após quase duas horas de buscas o corpo da adolescente foi encontrado.” A vítima estava enroscada próximo a um pau o local tem sete metros de profundidade”, disse o sargento Leandro Henrique do Corpo de Bombeiros em entrevista à Rádio Hertz.

Viatura do Corpo de Bombeiros no local do desaparecimento/Foto: Cássio Freires

O médico do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) esteve no local e constatou o óbito. Após o trabalho da perícia o corpo da vítima foi levado para o IML (Instituto Médico Legal).

Duas equipes do Corpo de Bombeiros foram mobilizadas na ocorrência/Foto: Cássio Freires

O padrasto da adolescente esteve no local e informou que a família não sabia que Maria Eduarda estava na cachoeira. “Eu estava em uma padaria e uma pessoa contou para mim. Ela não avisou a mãe dela que iria vir para a cachoeira”, disse João Evangelista França.

Acompanhe mais informações sobre o caso na Rádio Hertz 970 AM.

Compartilhar:

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado.