Hertz Noticias

A notícia à Serviço de Franca/SP

Falta de fertilizantes encarece produção e pode faltar comida na mesa do brasileiro

Compartilhar:

O Brasil faz apelo para que os fertilizantes não sejam incluídos na lista de sanções à Rússia. Em videoconferência com representantes da FAO, a agência da ONU para Alimentação e Agricultura, a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, pediu para que, assim como os alimentos, os fertilizantes fiquem fora dos regimes de sanções comerciais e econômicas que as principais economias do Ocidente impuseram à Rússia por causa da Guerra na Ucrânia.

O apelo para que não se interrompam as exportações de fertilizantes tem uma explicação: cerca de 80% dos adubos utilizados nos campos brasileiros são importados e um quarto desse total vem da Rússia.

Portanto, com a crise, o Brasil fica em situação bastante vulnerável. Afinal, se faltar adubo para o agricultor, pode faltar comida na mesa do brasileiro.

Vale lembrar que, também nesta semana, a Corte de Justiça da ONU determinou que a Rússia suspenda a operação militar na Ucrânia, iniciada em 24 de fevereiro.

Do ponto de vista do Direito Internacional, a medida é de cumprimento obrigatório. Mas, como o Tribunal da ONU não tem meios para fazer com que o país comandado por Vladimir Putin acate a ordem, não há garantias de que as tropas vão recuar.

Compartilhar:

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado.