Hertz Noticias

A notícia à Serviço de Franca/SP

Federações e clubes aprovam por unanimidade as regras para eleições na CBF

Compartilhar:

Em Assembleia Geral Extraordinária realizada nesta segunda-feira, 7 de março, na sede da Confederação Brasileira de Futebol, as 27 Federações Estaduais e os 20 clubes integrantes da Série A do Campeonato Brasileiro apreciaram e definiram, de forma unânime, as regras eleitorais que passarão a reger as futuras assembleias eleitorais da entidade. A reunião foi comandada pelo Presidente interino da CBF, Ednaldo Rodrigues.

Assembleia foi realizada no auditório da CBF, no Rio de Janeiro (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

Com o objetivo de buscar a maior segurança jurídica possível para que a CBF possa desenvolver suas atividades, a Assembleia Geral ocorreu em conformidade com o Termo de Ajuste de Conduta (TAC), firmado com o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro, nos autos da Ação Civil Pública número 0186960662017.8.19.001.

A aprovação, por unanimidade de votos, ocorreu nos seguintes termos:

– inclusão das equipes integrantes da Série B do Campeonato Brasileiro no Colégio Eleitoral;

– exigência da subscrição por parte de quatro Federações filiadas e quatro Clubes integrantes do Colégio Eleitoral para o registro de candidaturas;

– peso dos votos em três (3) para Federações Estaduais, dois (2) para Clubes da Série A e um (1) para Clubes da Série B.

Antes do início da sessão, o Presidente interino da CBF, Ednaldo Rodrigues Gomes, propôs um manifesto pelo futebol brasileiro como ferramenta de promoção de uma cultura de paz e de desenvolvimento humano, econômico e social.

A iniciativa foi acolhida pelos presentes, atentos aos movimentos de mercado em torno do futebol e sensibilizados por episódios recentes de violência que merecem e demandam uma ação coletiva para evitar que se repitam, reafirmando o compromisso de trabalhar em conjunto e harmonia em prol do fortalecimento do futebol brasileiro, para que este tenha condições de gerar ainda mais emprego e renda no país e seja referência de boas práticas para toda sociedade.

Ficou nomeado o advogado Pedro Trengrouse como coordenador de um grupo de trabalho para dar sequência às questões relacionadas a tal manifesto.

“Nosso trabalho consiste sempre, desde quando fui presidente de Federação na Bahia, em dialogar exaustivamente e pacificar. Tudo isso foi construído, não foi fácil. O futebol brasileiro precisa de paz, de uma página mais alegre. Foi possível construir isso exatamente porque sempre fomos abertos ao diálogo, e sempre estivemos de frente para falar com qualquer um de vocês, qualquer tema. Quem tem a verdade não tem medo e nem se escuda em terceiros. Esse momento foi construído com credibilidade e muito diálogo, que continuará permanentemente enquanto eu estiver à frente desta casa”, afirmou o Presidente Ednaldo Rodrigues ao final da reunião.

Fonte: CBF

Compartilhar:

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado.