Hertz Noticias

A notícia à Serviço de Franca/SP

 Francano usará liberação do FGTS para pagar dívidas; aponta pesquisa

Compartilhar:

Essa será a destinação dada por 55% da população que irá requisitar o recurso; cerca de R$ 44 mi deverão ser injetados na economia local

 

O IE-ACIF (Instituto de Economia da Associação do Comércio e Indústria de Franca) foi às ruas investigar as intenções dos francanos acerca do Saque Extraordinário do FGTS: benefício concedido pelo Governo Federal que permite saques até R$ 1 mil das contas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, pela Caixa Econômica Federal. De acordo com os resultados, 55% dos francanos que irão requisitar o benefício pretendem pagar suas dívidas com o valor sacado. Outros 18% pretendem poupar; 13% comprar presentes; 3% viajar e 11% vão utilizar o recurso para outros fins.

Os pagamentos se iniciaram em 20 de abril e, de acordo com o IE-ACIF, cerca de R$ 44 milhões devem ser injetados na economia local até o pagamento da última liberação do calendário divulgado pelo governo, marcada para 15 de junho.

“A injeção do recurso liberado pelo Governo Federal é muito importante nesse momento, nos baseando em três causas: amenização dos efeitos da inflação, possibilidade de pagamento de dívidas em atraso e movimentação das vendas do comércio varejista”, afirma o economista responsável pelo IE-ACIF, Adnan Jebailey. “Contudo, vale salientar que o modelo de crescimento econômico calcado no consumo, como esta liberação do FGTS, já está se esgotando. Como demonstra a pesquisa, apenas 2 de cada 10 francanos irão recorrer ao benefício”, conclui.

Conforme apontado pelo economista, 81% dos entrevistados não realizarão o saque extraordinário do FGTS. “Boa parte da população já usou seus recursos do FGTS em outras oportunidades. A primeira liberação ocorreu ainda no governo Michel Temer e a segunda, já no atual governo. Válido dizer que muitos se recolocaram no mercado de trabalho em 2021, não tendo, ainda, acumulado muitos recursos via FGTS”, diz Jebailey.

Nota Metodológica:

Pesquisa com amostragem probabilística não estratificada com nível de confiança de 95% e erro amostral de 7%. Ao todo, foram entrevistadas 201 pessoas, entre os dias 28, 29 e 30 de abril. As entrevistas foram realizadas in loco por entrevistadores capacitados pelo IE-ACIF.

Compartilhar:

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado.