Hertz Noticias

A notícia à Serviço de Franca/SP

Justiça condena “Baianinho” a 20 anos pela morte da ex-namorada em 2018

Compartilhar:

A Justiça condenou o pedreiro José Vitorino Fonseca Mendes, conhecido como “Baianinho”, a 20 anos e 3 meses de prisão pelo homicídio triplamente qualificado da ex-namorada Vera Lucia Coutinho, em 2018.

A época, ela tinha 48 anos e teve o corpo incendiado por “Baianinho” que ateou fogo em um carro com a vítima dentro. Hoje, aos 35 anos, ele foi condenado pelo Tribunal do Júri, sendo reconhecido o crime de feminicídio, sem chances de defesa da vítima, meio cruel, além de colocar em perigo a vida do sobrinho de Vera que estava com ela no carro incendiado.

O crime aconteceu no dia 25 de agosto, no Jardim Guanabara. Dias após atear fogo na namorada, o pedreiro se apresentou na DIG (Delegacia de Investigações Gerais) e confessou todos os atos. Ele já está preso há 3 anos.

Compartilhar:

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado.