Hertz Noticias

A notícia à Serviço de Franca/SP

Moradores reclamam de abandono de Centro Esportivo no Cambuí e cobram mais segurança da Prefeitura

Compartilhar:

Em Franca, os vizinhos do CIE (Centro de Iniciação ao Esporte), no Jardim Cambuí, reclamam da situação do local e pedem providências da Prefeitura para solucionar um antigo problema. Localizado na rua Durval Teixeira de Castro, o espaço não vem sendo aproveitado pela população, como deveria.

A reportagem Hertz Notícias esteve no CIE e o cenário encontrado é desanimador. Colchões que poderiam estar sendo usados para treinamento de ginástica olímpica, estão jogados do lado de fora e  cobertos com uma lona, mas com chuva e sol já estão se deteriorando, sem contar que moradores de rua e usuários de drogas já furtaram toda a fiação do prédio.

Segundo os moradores, para piorar as coisas, a Prefeitura retirou a segurança que era feita pela Guarda Civil Municipal, somente à noite que tem guardas e não é todos os dias.

O CIE conta com um ginásio coberto e quadra multiuso, um mezanino com espaço para instalação de uma academia de ginástica, elevador padronizado para o acesso de cadeirantes e pessoas idosas e demais equipamentos de acessibilidade, além de uma pista de atletismo emborrachada (uma das únicas da região), entre outros dispositivos.

Foram investidos recursos conjuntos da Prefeitura e Ministério do Esporte na ordem de R$ 4,7 milhões.

Região beneficiada

De acordo com a Prefeitura, além do Jardim Cambuí, esse Centro de Iniciação ao Esporte representará facilidade para as atividades esportivas de toda a região Norte, começando pelos bairros como Parque do Horto, Olavo Pinheiro, Miramontes, City Petrópolis, Jardins Paineiras, São Domingos, Capitão Heliodoro, Santa Terezinha, Jardins Vera Cruz, Moreira Júnior e adjacências.

A Secretaria de Esportes, Arte, Cultura e Lazer e FEAC estarão responsáveis pela gestão do espaço, contando com a participação da comunidade no auxílio de sua manutenção de conservação.

A ideia é deixá-lo aberto permanentemente para uso dos moradores, a partir de um agendamento prévio a ser definido com a orientação dos educadores que serão designados para trabalhar no local.

Porém, conforme as imagens registradas pelo repórter Leandro América, o projeto está longe de atender amplamente a população daquela região.

Reportagem e fotos: Leandro América

Compartilhar:

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado.