Hertz Noticias

A notícia à Serviço de Franca/SP

MP denuncia dentista que matou auditor por homicídio qualificado

Compartilhar:

O Ministério Público de Franca SP, denunciou o dentista Samir Panise Moussa de 48 anos por homicídio qualificado.

Adriano William de Oliveira, 52 anos, auditor

Samir matou o auditor fiscal da receita Adriano William de Oliveira de 52 anos, na noite do dia 12 de março na avenida Major Nicácio próximo ao bar Vila Madalena no bairro Cidade Nova.

Samir Moussa,48 anos, Dentista ter matado o auditor

Samir seguiu Adriano quando entrava dentro da sua caminhonete, foi quando Samir chegou e realizou vários disparos contra Adriano que acertou no rosto e no peito.

 

Na sequência Samir entrou no seu carro e fugiu do local, os Policiais Militares encontraram Samir na sua residência na Vila Santa Rita, foi quando ele se entregou, levou os Policiais onde havia escondido a arma do crime.

Logo após Samir Moussa foi encaminhado até a CPJ (Central de Polícia Judiciária), onde foi ouvido e preso.

Caso seja condenado o dentista pode pegar de 12 a 30 anos de prisão, ele continua preso na Penitenciária de Franca.

 

Compartilhar:

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado.