Hertz Noticias

A notícia à Serviço de Franca/SP

Museu Casa de Portinari promove atividades para celebrar 50 anos

Compartilhar:

No próximo sábado, 14, o Museu Casa de Portinari, instituição da Secretaria da Cultura e Economia Criativa do Estado, gerida pela ACAM Portinari, comemora 50 anos enriquecendo a cultura nacional ao disponibilizar e oferecer acessibilidade às pinturas murais e à vida de Candido Portinari. Durante todo o ano, diversas atividades em Brodowski celebrarão o marco histórico.

Para iniciar a programação, neste sábado, 14, data oficial, às 11h, o equipamento promove uma cerimônia de aniversário aberta ao público. No evento, serão lançados o selo comemorativo, com o logo dos 50 anos, que será usado pelos visitantes e Correios; o projeto Pedalando com o Museu, que disponibilizará ao público bicicletas para percorrer os Caminhos de Portinari em Brodowski; e o espetáculo luz e som, instalado na Capela da Nonna, com a descrição das obras presentes no local.

Museu Casa de Portinari/Foto: divulgação

Além disso, também ocorrerá o anúncio do Centro de Pesquisa e Referência do Museu Casa de Portinari, e as autoridades e figuras históricas da casa serão homenageadas. Para o encerramento, os participantes homenagearão o museu com parabéns.

A cerimônia de aniversários dos 50 anos do Museu Casa de Portinari será nos jardins do equipamento cultural. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (16) 3664-4284.

Museu Casa de Portinari

O espaço reúne e conecta a história de Candido Portinari com sua terra natal, origens e paixão pela arte. As experiências artísticas e técnicas, os hábitos e o desenvolvimento da família ficaram registrados no imóvel, como nas obras pintadas nas paredes em cômodos diversos, nos poemas que descrevem a rotina da vizinhança ou, ainda, na capela que o pintor construiu para a avó e nas roseiras plantadas por ela.

Obra de Portinari/Foto: divulgação

Em 1968, a casa foi tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e, posteriormente, adquirida pelo Governo do Estado de São Paulo. O equipamento cultural foi tombado pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo (Condephaat) em janeiro de 1970. Meses depois, o local foi aberto para visitação com esforços dos familiares do artista, do município e do Estado.

Compartilhar:

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado.