Hertz Noticias

A notícia à Serviço de Franca/SP

PM acaba com suposto tribunal do crime no residencial José de Carlos

Compartilhar:

Na segunda-feira, 4, a Polícia Militar acabou com um suposto tribunal do crime em Franca.

A polícia recebeu denúncia anônima que uma pessoa estaria sendo “julgada” em uma casa no residencial José de Carlos devido a uma acusação de estupro.

Os policiais se deslocaram até o local e depararam com um veículo saindo da residência. Os militares deram ordem de parada e cinco pessoas que estavam no carro foram abordadas. “Um homem saiu do veículo alegando que seria a vítima. Ele afirmou que estava sofrendo agressões. Ele também falou que havia ficado em um primeiro cativeiro entre sábado e domingo e logo após foi levado para a segunda casa”, disse o sargento José Pimentel em entrevista à Rádio Hertz.

Na sequência, outro veículo que transportava a proprietária da residência também foi interceptado pela polícia. Outra equipe da Polícia Militar foi até a casa e encontrou mais uma pessoa suspeita, porção de maconha e uma corda que estaria sendo usada para amarrar a vítima em um quarto do imóvel.

As pessoas envolvidas no caso foram levadas para o Plantão Policial. Um boletim de ocorrência de associação criminosa foi registrado e posteriormente todos foram liberados. “Os celulares deles foram apreendidos. Nos aparelhos podem ter informações que podem elucidar esse fato”, disse o sargento Pimentel.

Fotos: Cássio Freires

Acompanhe mais informações durante a programação da Rádio Hertz 970 AM.

Compartilhar:

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado.