Hertz Noticias

A notícia à Serviço de Franca/SP

PM Ambiental intensifica fiscalizações durante a piracema

Compartilhar:
Divulgação/PM Ambiental

A Polícia Militar Ambiental intensifica as fiscalizações em razão do início, na última segunda-feira (1º), do período da piracema 2021/2022. Na região de Franca, o trabalho é feito pela 3ª Companhia de Policia Ambiental Militar, cuja área de atuação começa no rio Sapucaí e vai até o rio Grande, na divisa com Minas, começando em Ibiraci e se estendendo até depois de Igarapava.

Na região mineira próxima a Franca o trabalho é da 18ª Companhia, responsável pelo Policiamento Ambiental em 55 municípios no Sul e Sudoeste de Minas Gerais.

A Piracema é o período em que ocorre a reprodução dos peixes, motivo pelo qual algumas espécies têm sua captura proibida pela legislação. Tem início em 01 de novembro de 2021 e se estende até 28 de fevereiro de 2022.

Começa para valer

Na última semana de outubro a Polícia Ambiental realizou ações preventivas e de orientação ao público, conscientizando sobre as restrições em todo o período de proibição.

Durante ações preventivas, a Polícia Ambiental informou sobre as restrições durante a piracema, proferindo palestras em colônia de pescadores e também Blitz Educativas, além das fiscalizações nas lagoas, rios e represas da região.

Durante o Período Defeso, os pescadores profissionais ficam proibidos de exercer a atividade e recebem um auxílio do Governo Federal, o Seguro Defeso. Os estabelecimentos que comercializem peixes in natura, congelados ou não, deverão realizar a Declaração de Estoque até o 2º dia útil após o início do Período Defeso através do sistema SEI disponibilizado no site do órgão ambiental (IEF).

Pesca irregular

O cidadão que praticar a pesca irregular no período da Piracema incorre no crime previsto no artigo 34 da Lei 9.605/98. Essa lei diz que pescar em período no qual a pesca seja proibida ou em lugares interditados por órgão competente, tem pena de detenção de um ano a três anos ou multa, ou ambas as penas cumulativamente.

Além disso, pode receber uma autuação administrativa, além de apreensão do pescado capturado irregular e dos apetrechos. A população pode fazer as denúncias de crimes ambientais para a Polícia Militar de Meio Ambiente, em especial as de pesca irregular diretamente.

Compartilhar:

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado.