Hertz Noticias

A notícia à Serviço de Franca/SP

Prefeitura faz chamada pública para Salão de Couro e Calçados

Compartilhar:

Mais uma vez a Prefeitura de Franca, através de da Secretaria de Desenvolvimento, oferecerá apoio e subsídios para que pequenas e médias empresas dos segmentos de couro e calçados, estejam no mês de maio, no Salão Internacional de Couro e Calçados (SICC), em Gramado, no Rio Grande do Sul. Na edição da última sexta-feira, 18, do Diário Oficial do Município, foi publicado o Edital de Chamada Pública com orientações a respeito, cujo objetivo é selecionar indústrias de calçados, acessórios de couro da cidade para receberem apoio e participarem do evento.

Salão Internacional de Couro e Calçados (Foto: Dinarci Borges/Arquivo SICC)

Trata-se da seleção de empresas calçadistas e de acessórios francanas para organização de um espaço coletivo (Espaço Moda Franca), dividido em estandes individuais para até 13 indústrias de calçados e acessórios no Salão Internacional do Couro e do Calçado, que ocorrerá no Serra Park (Centro de Feiras e Eventos), em Gramado/RS, entre os dias 23 e 25 de maio. Esse evento, tem por objetivo, expor os lançamentos Primavera/Verão 2022/2023 das coleções das indústrias de calçados e acessórios.

As empresas interessadas deverão apresentar a partir de segunda-feira, 21 até o dia 4 de abril, os documentos indicados no edital, que devem ser protocolados no horário entre 8h30 e 16h30, no Departamento de Indústria, Comércio e Serviços, andar térreo do prédio da Prefeitura. Com a observação de que não serão aceitos “Fax” ou “e-mail” de nenhum documento.

Critérios de Seleção

Serão selecionadas até 13 empresas, que se adequarem aos objetivos do evento e que as atividades desenvolvidas por elas, estejam diretamente relacionadas ao evento, desde que tenham cumprido na íntegra a entrega da documentação solicitada. Havendo, mais empresas interessadas do que o número indicado, serão selecionadas àquelas que primeiro manifestarem interesse.

A Prefeitura vai subsidiar parte da área de chão do espaço coletivo, cujo valor será de até R$ 71.500,00, montante este que deverá ser dividido, de forma equalitária, entre as empresas selecionadas, que deverão arcar com as demais despesas necessárias para viabilizar o projeto (saldo de chão, montagem de estande, despesas com viagens, hospedagem e outros), que terão os seus atos determinados, após a definição do número real de empresas participantes.

Compartilhar:

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado.