Hertz Noticias

A notícia à Serviço de Franca/SP

Prefeitura inicia exames do Programa Saúde Visual

Compartilhar:

O prefeito Alexandre Ferreira acompanhou na manhã desta sexta-feira, 25, o início dos atendimentos do Programa Saúde Visual, aos primeiros estudantes da Escola Municipal ‘Profa. Emília Tarantelli’, na Cidade Nova.

A escola, que recebeu a visita da Unidade Móvel Oftalmológica, um veículo adaptado com consultório médico para exames, atendeu ao longo desta sexta-feira, 42 alunos matriculados nas escolas municipais da área central das 64 crianças agendadas, que foram previamente triadas pela unidade. Após as consultas, com os médicos oftalmologistas, ficou constatado que 50% dos estudantes deverão utilizar óculos e já saíram com as receitas em mãos. Os alunos que passarem pelos exames, cujas famílias estejam em situação de vulnerabilidade social, e for constatada a necessidade do uso da lente corretiva, receberão o óculos, gratuitamente, pela Prefeitura.

O Programa Saúde Visual, desenvolvido pelas Secretarias de Educação e Saúde, objetiva garantir que os estudantes não sejam prejudicados em seu aprendizado por dificuldades de visualização e compreensão do que é apresentado em sala de aula. Os professores no processo de triagem, além das observações cotidianas e queixas pontuais, estão submetendo os alunos a testes com equipamentos similares aos utilizados pelas clínicas oftalmológicas.

O prefeito Alexandre Ferreira falou sobre a importância do projeto, onde as crianças são atendidas nas próprias escolas, por profissionais capacitados, possibilitando identificar de forma precoce, as dificuldades visuais dos alunos, que podem interferir no aprendizado escolar. “É uma ação essencial que foi retomada para garantir que as nossas crianças tenham mais qualidade de vida, evitando que problemas visuais prejudiquem os seus estudos”, reforçou.

Camila Gonçalves, professora da escola, disse que o projeto é de suma importância, uma vez que muitos pais não têm condições de levar as crianças para fazer uma consulta oftalmológica e, principalmente, a Prefeitura fornecer o óculos para as crianças que precisarem. “É um projeto muito importante que une educação e saúde”, destacou ela.

Nágila Borges, mãe de aluna, ressaltou a facilidade que o projeto traz para as famílias, tendo em vista, que atualmente, o dia-a-dia das pessoas está repleto de compromissos e oferecer essa ação na própria escola, possibilita o acompanhamento da saúde dos filhos. “A gente agradece a escola por trazer isso para nós, porque esse acompanhamento desde criança é muito importante, principalmente, se for constatada alguma deficiência, já é possível corrigir”, comentou.

Já Vanessa Ribeiro, que também acompanhou o atendimento, contou que percebeu que a sua filha tinha uma pequena dificuldade para enxergar, aproximando o olhar do caderno, mas não imaginava que ela iria precisar usar óculos. Segundo ela, sem essa iniciativa da Prefeitura, não iria levar a criança ao médico, por acreditar que não havia a necessidade de utilizar a lente corretiva. “Achei uma iniciativa muito válida, essa ação da Prefeitura de cuidar dos nossos filhos. Muitas pessoas consideram a educação pública precária, mas pelo contrário, estou achando que está muito bom, beneficiando a gente demais com essa possibilidade. Não encontramos isso em qualquer lugar”, agradeceu Vanessa.

O Programa Saúde Visual prevê o atendimento a 17,7 mil alunos matriculados na rede municipal, a partir de 5 anos até o quinto ano, sendo que cada escola fará a triagem preliminar, com profissionais capacitados, que encaminharão os nomes para a Secretaria de Saúde.

Na próxima semana, sempre às sextas-feiras, está previsto o atendimento das crianças da Escola Municipal ‘Frei Germano de Annecy’, no Parque Progresso. Nesta unidade, serão atendidos 89 estudantes. Este ano, a triagem será feita primeiro nas escolas das regiões do central e Sul e depois as demais, Leste, Norte e Oeste.

Compartilhar:

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado.