Hertz Noticias

A notícia à Serviço de Franca/SP

Reunião discute funcionamento do comércio e abertura de igrejas em Franca

Compartilhar:

Foi realizada uma nova reunião na segunda-feira, 20, para discutir a reabertura do comércio e realização de cultos religiosos, em Franca.

O prefeito Gilson de Souza (DEM) recebeu no Parque “Fernando Costa”, lideranças comerciais, empresários e religiosos para avaliar o decreto do governador de São Paulo, João Doria (PSDB), que prorrogou a quarentena até dia 10 de maio, mantendo a restrição de abertura para determinados tipos de estabelecimentos.

Reunião realizada na segunda-feira/Foto: divulgação

A medida tem como objetivo evitar a propagação dos casos de coronavírus no Estado de São Paulo e atinge os 645 municípios paulistas. Em Franca, o prefeito tenta, junto a associação comercial, sindicatos e empresários, busca encontrar alternativas seguras para flexibilizar a abertura do setor comercial. “A reunião foi para avaliarmos o decreto do governador feito na última sexta-feira e analisar caminhos possíveis e dentro da legalidade para reabrir. A decisão de proibir o funcionamento até o dia 10 de maio é exclusivamente do governador, não é da Prefeitura. Há sugestões em Franca para abrir e são essas questões que queremos aprofundar, junto com o Ministério Público e decidir como agiremos em Franca”, afirmou o prefeito.

Participaram da reunião representantes da Acif (Associação do Comércio e Indústria de Franca), Franca Shopping, Shopping do Calçado, Sindifranca, Sindicato do Comércio Varejista de Franca, além de líderes religiosos, que também reivindicam liberação para realização de cultos, proibidos por haver aglomeração de pessoas e maior risco de transmissão do coronavírus.

Compartilhar:

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado.