Hertz Noticias

A notícia à Serviço de Franca/SP

Vigilância Sanitária e GCM realizam operação com mercadores populares

Compartilhar:

Os fiscais da Vigilância Sanitária e Guarda Civil Municipal (GCM) realizaram na última semana, mais uma etapa do Programa “Venda Legal”, que visa a regularização de comerciantes do Mercado Popular Urbano (MPU), os chamados camelôs. As ações foram iniciadas no primeiro semestre, pela Secretaria de Desenvolvimento, que fez um levantamento geral da situação na cidade, dos comerciantes instalados tanto no MPU, em frente à Santa Casa, como os demais espalhados pelos calçadões das praças Barão, Nossa Senhora da Conceição e Nove de Julho.

Ao todo, foram cadastrados 116 comerciantes ambulantes, dos quais 85 estão regulares. Com o suporte da GCM, os fiscais da Vigilância Sanitária começaram as abordagens pelas barracas do Mercado Popular, onde cada responsável apresentou a documentação que assegurava o direito de utilizar o espaço público. Aqueles, sem documentação, foram orientados a desmontar a barraca e buscarem alternativas para o exercício de suas atividades. Lembrando que, algumas delas sem documentação, estavam vazias, haviam sido ocupadas por terceiros e foram desmontadas.

Os comerciantes que apresentaram documentação incompleta, receberam prazo de até 30 dias para se regularizem, junto com um conjunto de informações de suporte que a Prefeitura pode oferecer para que evoluam em suas atividades. Para cada comerciante foi entregue um folheto do Venda Legal com oportunidades de auxílio, como a liberação de créditos a juros baixos, através do Banco do Povo, além de cursos de qualificação em vendas On-line/Presencial e Gestão e Consultoria, por meio da Secretaria de Desenvolvimento e Sala do Empreendedor.

Depois das abordagens iniciais no Mercado Popular Urbano, a equipe esteve na Praça Nove de Julho e nos calçadões da Praça Barão, ruas Marechal Deodoro e Voluntários da Franca, onde orientou os comerciantes ambulantes.

Fiscais da Vigilância Sanitária e Guarda Civil Municipal durante operação com comerciantes do Mercado Popular
Compartilhar:

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado.